Robert Bittar participa do lançamento do Projeto de Vida Segura

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   31 de Julho de 2017

O presidente da Escola Nacional de Seguros, Robert Bittar, foi um dos membros da mesa solene do evento de lançamento do Projeto de Vida Segura, realizado na última quarta-feira, 26 de julho, em São Paulo (SP).
 
Criado pelo Sincor-SP e pelo Sindseg-SP, o projeto é uma evolução do programa Cultura do Seguro, mantido desde 1992 pelos dois sindicatos, e consiste em um jogo para celulares no qual os usuários poderão dar os primeiros passos em educação financeira, simulando o planejamento de vida desde a aquisição de bens, a elaboração de um plano de carreira, estudos, prevenção e até opções de lazer.
 
A iniciativa é voltada, principalmente, para o público jovem, e conta com a parceria da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, que possibilitará implantar o projeto em mais de 500 escolas estaduais neste segundo semestre.
 
“A Escola Nacional de Seguros dará apoio incondicional ao projeto”
 
O Teatro Fernando de Azevedo, localizado no prédio onde funciona a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, foi o lugar escolhido para o lançamento oficial. Segundo Robert Bittar, a criação do programa é um marco na educação sobre o mercado. “Temos que aplaudir os idealizadores, estamos dando contornos a uma importante demanda da sociedade. Na condição de presidente da instituição de ensino do setor, garanto que a Escola Nacional de Seguros dará apoio incondicional a esse projeto fundamental para a difusão do instituto Seguro junto à população”, declarou.
 
Em seus pronunciamentos, os presidentes Alexandre Camillo (Sincor-SP) e Mauro César Batista (Sindseg-SP) ressaltaram que a educação securitária entre os jovens é imprescindível para a intensificação da cultura do seguro na sociedade.
 
Já o presidente da CNseg, Marcio Coriolano, destacou a convergência das entidades trabalhando para o bem comum e lembrou que educação securitária é um tema prioritário da Confederação, já que ainda existe desconhecimento sobre o setor de seguros por parte da sociedade e dos poderes constituídos.
 
Também compareceram ao evento o secretário de Educação de São Paulo, José Renato Nalini, o corretor de seguros, advogado e assessor Jurídico do Sincor-SP, Antonio Penteado Mendonça, responsável pela aproximação dos sindicatos com o secretário da Educação de São Paulo, e o educador Sadao Mori, que participou da criação do projeto.
 

Outras Notícias